Jaqueline Moraes

INFO

Transformar um quartinho que servia como depósito em um ambiente aconchegante para ouvir música, assistir filmes e tocar bateria, violão e guitarra. Tudo com uma pegada bem masculina e inspirada na estética Bauhaus. Este foi o pedido do morador.


Para aproveitar a assimetria do lote, foi proposta uma estante com estrutura de ferro e nichos de pínus (alguns na madeira em vermelho, amarelo e azul) para organizar todos os aparelhos de som e vídeo, assim como as coleções de CDs e DVDs.


No canto mais largo da sala ficou e bateria e na parte mais estreita foi criado um pequeno bar. Ainda sobrou espaço para um escrivaninha que atende aos dias de home office. As paredes receberam textura de cimento queimado reforçando o clima masculino e brutalista.


Na varanda, anexa à sala, a proposta foi usar a mesma textura nas paredes e a mesma paleta de cores. O clima de área externa entra no verde dos vasos, do jardim vertical e do tapete de grama sintética que deixa o ambiente bem despojado.